segunda-feira, 28 de maio de 2012



Hoje tudo  o que queria era um abraço bem apertado e saber onde e com quem estou... 
Estou alegre com tudo o que esta acontecendo, as mudanças, as novas responsabilidade, novas amizades, mas  tem hora que dói... não a solidão, sei conviver com ela, é só que estou carente ... 
Em alguns momentos eu queria apenas um ombro para chorar e ser a fraca... apenas uma vez, um dia, um minuto.. só!
Não posso, não devo né ...

Desculpe!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

"É só ter vontade de felicidade...."



1 ano de blog e sempre falando apenas de tristeza, de dor, de sofrimento. Estive pensando sobre isso esses dias, só tive tristeza nesse tempo? Por que não escrevo sobre a felicidade, sobre as coisas boas do meu dia, das pessoas maravilhosas que tenho em minha vida?

Percebi que escrevo apenas para fugir, fugir das de falar realmente a alguém, seja por medo de machucar, ou apenas porque não quero falar. Enfim, hora de mudar, Certo? Certíiiisssimo!!!!
A vida não é feita só de tristeza. Temos nossos momentos. Sempre falo que a felicidade é momentânea, mas se pararmos para analisar todos os sentimentos são. Hoje estou triste por algo, mas em alguns momentos estarei feliz por outra coisa. O que diferencia é que tendemos a alimentar os sentimentos depreciativos...
Por que não esbanjar a nossa felicidade? Medo que acabe muito rápido? Se simplesmente vivêssemos, apreciássemos a felicidade que temos, vê-la e senti-la nas pequenas coisas, seríamos pessoas melhores, muito mais confiantes. 
Teremos sempre o mel e o fel, cabe a cada um apreciar o mel em seu momento e quando o fel vier, sobreviver com a certeza que a felicidade não tarda. Pensamento positivo, atrai coisas positivas, negativismo atrai negativismo.
Se hoje estou feliz?? Sim, lógico. Hoje acordei e conversamos, eu e eu mesmo, somos pessoas distintas, uma totalmente negativa e a outra totalmente positiva, porém hoje acordamos que seriamos felizes, mesmo que por alguns minutos, horas, dias. Simplesmente não importa. Eu QUERO ser feliz, então eu SOU feliz, eu SEREI feliz.
Amanhã estarei feliz? Não sei, mas farei o possível e o impossível para que tudo o que está complicado não venha a “atrapalhar” minha felicidade.  Tudo tem seu momento e o porquê de ter acontecido.
Isso tudo soa uma pessoa estranha, complicada, inconstante?
Pode até ser, sou humana, não vivo em uma linha reta, tenho sentimentos,  temos sentimentos, somos totalmente influenciáveis por fatores externos.

 “E se me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar” 
Clarice Lispector

quinta-feira, 10 de maio de 2012

A decisão é NOSSA!!!



A decisão é nossa de viver ou não bem, de estar ou não bem consigo...
Em alguns momentos esta decisão é tão difícil, a briga interna é tão grande que discernir o que é um sentimento real de um sentimento nascido das neuras que, nós, pessoas fracas, criamos, alimentamos dia a dia é quase impossível.
Esses dias conversando sobre essas brigas internas, e uma pessoa comentou sobre os lobos que temos dentro de cada um de nós. Temos o Lobo bom e o lobo mau, quem vencerá a batalha de titãs?? Simples aquele que você alimentar, que você fortificar, que você dê ouvidos.  Mas como lutar consigo??
O bem sempre vence não é verdade? Então, como mostrar ao Lobo mau que ele não esta certo, que as caraminholas que ele nos joga não é verdade? Como você consegue lutar contra algo que surgiu dentro de si, quando as coisas ditas, as ações tendem a comprovar que o lobo mau esta certo?
Aos poucos estou aprendendo a lutar, não venci até hoje, esse lobo mau danadinho, que não é o lobo da chapeuzinho vermelho, infelizmente é muito persistente, ele te deixa por um dia, uma semana, um mês e do nada ele volta. Ele só precisa de uma brecha, de um mísero deslize seu e pronto, você estará no limbo!
Já que o bem sempre, sempre, sempre vence o mau, o que devemos fazer para destruir o Lobo mau? 
Não alimente-o. Como? Lute!
Eu não tenho a fórmula mágica, você tem? Sim? Me passa? rs

Lenda dos Lobos
"Uma noite, um velho índio falou ao seu neto sobre o combate que acontece dentro das pessoas.
Ele disse:
- A batalha é entre os dois lobos que vivem dentro de todos nós. Um é o Mau. É raiva, inveja, ciúme, tristeza, desgosto, cobiça, arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade, mentiras, orgulho falso, superioridade e ego.
O outro é Bom. É alegria, fraternidade, paz, esperança, serenidade, humildade, benevolência, empatia, generosidade, verdade, compaixão e fé.
O neto pensou nessa luta e perguntou ao avô:
- Qual lobo vence?
O velho índio respondeu:
- Aquele que VOCÊ alimenta "



domingo, 6 de maio de 2012

"Minha força esta na solidão. 
Não tenho medo nem de chuvas tempestivas 
nem de grandes ventanias soltas, 
pois eu também sou o escuro da noite."
                                               ( Clarice Lispector)




Vivemos em uma montanha russa. Dia estamos no topo, dia estamos em queda livre. É assim com os sentimentos... 
Desde o início deste blog falo da tristeza, da dor tão forte que me sufocava, corroía e estava me matando pouco a pouco. Estava apenas sobrevivendo. Se eu era feliz? Hoje eu posso dizer que tive momentos de felicidade, assim como tive muitos momento de solidão, de tristeza, de abandono, mas feliz? Não. 
Tentei deixar de lado todos os sentimentos que surgiram naquele fatídico dia, juro que tentei com todas as minhas forças, percebo que não consegui. O que consegui fazer foi deixar de sentir, me tornei uma pessoa com muitas barreiras, muita tristeza, muita solidão, me tornei algo que nunca gostei nas outras pessoas, me tornei uma pessoa fria, não chorava e não sabia mais como era sorrir de verdade, me tornei uma pessoa que tanto faz para quase tudo. Esta morrendo aos poucos. 
Sempre disse e torno a dizer que não sou vítima de nada, bem como torno a dizer que não sou culpada. Sou julgada constantemente e recebo toda e qualquer sentença que me ditem, mas não abaixo mais minha cabeça, não serei mais tão passiva como fui. Aquela Lili que não tinha emoções já não existe mais. 
Quer me machucar? ok. Pode tentar, mas não vai conseguir. Sei quem sou, sei quem me tornei e sei exatamente por que caminho seguirei. 
É muito fácil dizer que o outro errou, não reconhecer o que fez de bom em sua vida, isso chama-se covardia, não? Creio que sim. Não é porquê não se estar ao lado que vai tentar destruir, aniquilar a confiança conquistada, derrubar a imagem que se tinha. E o passado onde fica? Nada de bom, de positivo foi conquistado? E o crescimento mútuo? Hoje é muito fácil dizer que um fez isso ou aquilo para destruir, que na verdade só tinha olho para seu próprio umbigo, mas sabe o que é legal? O legal é ter a certeza é uma mentira até mesmo para quem diz. 
Hoje consigo pensar sobre todos os acontecimentos e não ficar sufocada com todos os sentimentos, não fico mais angustiada, dolorida, sinto apenas a certeza de dever cumprido. Minha missão neste caso chegou ao fim.  
Sei que tomei a decisão mais acertada para minha vida, chega de pensar em quem não se preocupa comigo. 
É fácil dizer que ama e em seguida machucar. Um sentimento não se constrói da noite para o dia, e um sentimento forte não de destrói do dia para a noite. Dizem que a construção demora muito mais que a destruição, afinal uma palavra, uma ação pode colocar abaixo o que levou meses, ou anos para construir.

Todos sabem o que fez?