sexta-feira, 7 de setembro de 2012



"Eu nunca acredite em amor
até que eu conheci você.
E eu sei que ainda ha muito 
para aprender,
mas eu sei
que eu daria 
minha vida
para mantê-la
sempre longe do sofrimento
sem um momento de dor.
Eu sei que eu não posso
respirar quando você não está comigo.
E eu sei que você é a única mulher
que eu sempre quis.
( Rhyannon Byrd - Instinto primitivo - A Beira da paixão)


Liliane

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

De uns tempos para cá passei a não esperar muito ou quase nada das pessoas com que me relaciono. Depois de tantas coisas passei a confiar menos nas pessoas, dar um voto de confiança sempre foi difícil, por vezes eu dei esse voto para quem não soube usar, ou fez pouco caso. 
Veja, sou complicada, confusa, sou uma mulher de muitas fases e voltagens. Quando sou amiga, sou de verdade. Quando amo, eu realmente cuido, eu amo, a pessoa passa a ser mais que apenas uma simples pessoa. Mas quando desconfio, perco as esperanças, ai o bicho pega! 
Vejo e sinto muito mais do que eu gostaria, mas o que posso fazer se esta tudo na minha frente, mais detalhado que qualquer outra coisa, o que eu posso fazer? Pegar tudo juntar e fazer um bolo e quem sabe me deliciar com ele -.-



Não tem nem a metade, mas é por ai
Não sou boa, sou Ótima!! rsrs


Liliane



Quanto mais eu vejo, pior fica. 

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

[Devaneios]_Qual é a sua necessidade??

Outro dia participei de uma palestra onde o orador falava que temos que saber quais são nossas necessidades e nossos desejos. Temos que diferenciar
Segundo ele um desejo é algo que podemos deixar para resolver "depois", não é algo de extrema importância. Já a necessidade não, você tem que buscar e solucionar as suas necessidades. 
Eu não faço ideia de minhas reais necessidades. Desejos eu tenho muitos e muitos e muuuuuuuuuuuitos. Questiono-me se podemos deixar esses desejos de lado, se a vida não será mais dura, mais amarga se abrirmos mão daquelas pequena satisfação que sentimos ao, por exemplo, pegar um sorvete da frutiquello em calor de 40ºC, isso é um desejo e não uma necessidade. Poderíamos passar sem ele? sim, poderia. Mas a satisfação que sentimos é algo que não da para explicar... 

S-A-T-I-S-F-A-Ç-Ã-O palavra chave!

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

cri cri

Pense numa musiquinha chata, cri cri, fica direto na mente -.-

Essa não é mais uma carta de amor, são pensamentos soltos
Traduzidos em palavras
Pra que você possa entender O que eu também não entendo

Ama não é ter que ter sempre certeza
É aceitar que ninguém é perfeito pra ninguém
É poder ser você mesmo e não precisar fingir
é não conseguir fugir, fugiiiiirrrrr

Já pensei em te largar, já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando eu penso em alguém, é por você que fecho os olhos
Sei que nunca fui perfeita, mas com você eu posso ser
Até eu mesmo que você vai entender

Posso brincar de descobrir desenhos em nuvens
Posso contar meus pesadelos e até minhas coisas fúteis
Posso tirar a tua roupa, posso fazer o que eu quiser
Posso perder o juízo mas como você eu tô, tranquilo, tranquiiiillooo

Agora o que vamos fazer, eu também não sei
Afinal, será que amar é mesmo tudo?
Se isso não é amor o que mais pode ser ?
aprendendo também...

domingo, 12 de agosto de 2012

Com o tempo vc entende que as coisas que ouve não e tudo, palavras te enganam, mas se associada ao que vc sente, percebe  e a realidade dos fatos E acontecimentos diz muito mais.
sou um poço de confusão, mas sigo o que realmente sinto. Analiso tudo.
"Palavras, serão sempre, apenas palavras"

domingo, 29 de julho de 2012

Sometimes solutions aren't so simple



Não, hoje não estou bem. Estou triste, sozinha, confusa, fraca, estou entorpecida... acho que é essa a palavra para me descrever neste momento.... parece que tenho um peso enorme em cima de mim, digitar é difícil, manter os olhos aberto, o corpo.... tá pesado
mas o que falar? Hoje é domingo...


Existe algo nessa música que me leve para outra dimensão, que me emociona, me faz pensar, viajar.... ainda não descobri ...



terça-feira, 24 de julho de 2012

domingo, 22 de julho de 2012

Dias como hoje é difícil segurar a tristeza, a solidão, a vontade de chorar ... as lágrimas.. 
bate a saudade de ter alguém para conversar, para rir, para abraçar, ouvir sons que você sabe de onde estão vindo, alguém para comer junto, beber junto. Não digo de uma par romântico, falo de companhia mesmo.
Me dói absurdamente ser taxada como dramática. Sei que não sou a primeira, muito menos a ultima a viver como vivo, mas quer saber? Será muito difícil encontrar uma pessoa como eu. A força, o caráter, a responsabilidade, força de vontade, mesmo diante de tantos acontecimentos ainda manter a cabeça erguida e o pensamento positivo, acreditar no dia seguinte, na melhoria de tudo ... 
Não sou única, mas sou diferente e principalmente sou rara!


sexta-feira, 13 de julho de 2012

Ouvi que carinho não se agradece com um "Obrigada". Pergunto, como raios vou agradecer então??
Não sei receber, muito menos pedir, na verdade eu gostaria muito não ter que pedir carinho, não ter que pedir atenção, acho que se deve ganhar por merecimento ... 
Enfim, como não sei como agradecer de outra maneira.. O meu MUITO OBRIGADA aos colegas/amigos que não têm a real noção dos acontecimentos mas se preocupam, querem realmente saber, e me dão forças,   me animam, estimula a ser mais forte ... 

Obrigada!!!
"eu sou mais forte do que eu"
Clarice Lispector




sexta-feira, 6 de julho de 2012

Amando...

Dizem que quando esta bem consigo mesmo isso fica explicito.  E preciso confessar, estou me sentindo bem pra caramba. Estou tão em paz comigo, me amo a cada dia mais e hoje percebo que esse amor não tem fim.
O que mais me deixa feliz é saber que consegui passar por tanto e mesmo assim me ergue, sozinha!
A impressão que tenho é que nada pode me derrubar agora, apesar de estar com uma fúria dentro de mim que esta muuuuuuuuuuito difícil de segurar...bomba prestes a estourar .... tic tac ...

(a procura da musica perfeita .... rsrsrs )
Como gosto dessa música, diz muito. Não na conotação casal, mas sim num todo.
SIM eu quero mais, eu preciso de mais, mas quem não precisa??? #simboraviver



À minha vida, eu preciso mudar todo dia
Pra escapar da rotina dos meus desejos por seus beijos
Dos meus sonhos eu procuro acordar e perseguir meus sonhos
Mas a realidade que vem depois não é bem aquela que planejei
Eu quero sempre mais
Eu quero sempre mais
Eu espero sempre mais de ti
Por isso hoje estou tão triste
Porque querer está tão longe de poder
E O que eu quero está tão longe, longe de mim
Longe de mim
Longe de mim
Longe de mim
A minha vida, eu preciso mudar todo dia
Pra escapar da rotina dos meus desejos por seus beijos
Dos meus sonhos eu procuro acordar e perseguir meus sonhos
Mas a realidade que vem depois não é bem aquela que planejei
Eu quero sempre mais
Eu quero sempre mais
Eu espero sempre mais de ti
Por isso hoje estou tão triste
Porque querer está tão longe de poder
E o que eu quero está tão longe, longe de mim
Longe de mim
Longe de mim
Longe de mim

domingo, 1 de julho de 2012

não há coisa melhor que ter momentos de pura e simples descontração com pessoas que estão com o mesmo desejo.
A cada dia ficará melhor!!!


VTNC

VTNC

VTNC

VTNC

VTNC


apenas pq EU quero!!!
pronto, passou rsrsrs

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Existe algo pronto para sair...

Há um ser dentro de mim que clama por liberdade, que anseio por coisas que ainda me assusta ....
Conhecemo-nos, sei o que deseja, sei que fome é essa, mas não sei como dar o alimento que tanto deseja. É algo que há algum tempo tento segurar, abafar, esconder, me pergunto se já não esta na hora de começar a viver realmente, de alimentar este lado, essa fome que aumenta a cada dia....

...vamos ver até quando...


terça-feira, 26 de junho de 2012

Imagens valem mais que mil palavras... 
(enviado pela minha amada erica!Obrigada!!)
















terça-feira, 19 de junho de 2012

Centralizando

"Tu és o meu auxílio 
Tua destra me ampara
Á sombra de Tuas asas eu canto
Com júbilo eu canto"

Nesta ultima semana passei por momentos de grande confusão sentimental -.-“ , não gosto de me perder, de não ter respostas, de ver, sentir e não entender, de ficar tão confusa, tão sem rumo que não um ponto, não encontrar meu centro.

"Estive amargurada e aflita
Mas o DEUS em que me apoio 
O DEUS da minha esperança
O DEUS da minha confiança me salvou
E os meus lábios se encheram do seu louvor"


Tudo o que precisava era achar meu centro, era algo eu comigo mesma, mas estava difícil, muita coisa de uma só vez e lidar com tudo sozinha estava extremamente complicado. Não sei pedir ajuda, não sei pedir, e quando peço, por não saber pedir, não recebo o que sei que preciso, acabo piorando as coisas.


Achei meu centro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ontem a noite tive o melhor bate papo, senti o melhor abraço de todos os tempos!!! Por fim consegui  descansar, sei que com o passar dos dias poderei também dormir.
Foi realmente especial, sentir que estava nos braços Daquele que sabe exatamente tudo a meu respeito, tudo o que realmente sinto, vejo e vivo, não dá para transpor em palavras os minutos que tivemos de conversação, sei que fiquei extremamente emocionada e não queria sair do colo DELE... rsrs me senti uma criança novamente, que corre para o colo do Pai em busca de consolo, conforto, poder falar tudo o que estava sentindo e quer saber? Recebi exatamente o que estava precisando.
Não quero me perder novamente, simplesmente não posso!! Não gostaria sentir tudo o que senti nessa ultima semana, vê o que vi...

"Como um farol que brilha a noite
Como ponte sobre as águas
Como um abrigo no deserto
Como flecha que acerta ao alvo
Eu quero ser usada da maneira que te agrade
Qualquer hora e em qualquer lugar 
Eis aqui a minha vida
Usa-me, Senhor
Usa-me"

Obrigada DEUS!!!!!!!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

"eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada"
Clarice Lispector

quinta-feira, 14 de junho de 2012

As vezes sinto coisas que não entendo, até tento entender, mas não consigo.
Uma verdade que nunca foi dita em voz alta, ou escrita: não gostaria de sentir
Não gostaria de sentir coisas que não sei explicar, coisas que para os demais parece uma manobra para chegar a alguém, eu pensaria isso, por que com os demais seria diferente?
Por vezes é esquisito, outras dolorosas... 
Acordar sozinha suando, tremendo, outras vezes com dores no corpo, no peito, com sentimento de perda, outras vezes um pouco pior que isso... vê as coisas acontecendo com os outros e sentir tudo como se fosse comigo e sem poder fazer nada, saber que aquilo pode vir a acontecer, sei que o contrário também, mas e todas as vezes que aconteceu e foi exatamente como o sonho? o que eu faço? 
O que eu faço quando sinto uma dor que não é minha, um sentimento que não é meu e simplesmente não entendo. 
Todas as vezes que apenas sinto e vem apenas o rosto de alguém em mente, tento me segurar para não perguntar a essas pessoas, corro o risco de ser taxada como louca, ou alguém que esta tentando falar algo por outros meios. 
Já quando sonho... é pior, muito pior... sinto, vejo, ouço...
Antes não era assim, antes eu conseguia controlar tudo, mantinha tudo dentro da caixinha trancada, vejo e percebo que é o melhor que deve ser feito, não só pelo fato de correr menos riscos. Então, decidi que de agora em diante não investigarei onde esse sentimento vai me levar, sei que posso estar fazendo errado em tentar abafar essas coisas... apenas não quero mais.
Não sei que raios eu sinto, que porra me acontece e não quero mais saber.


segunda-feira, 4 de junho de 2012

Boas Novas!!



Acabo de dar mais um passo para meu crescimento pessoal. 
Não esta sendo fácil!!! Admito, tive dias essa semana que quis e chorei de coração, por mais que falasse para mim e para os outros que estou bem, que vou conseguir, sempre vem o medo, a insegurança de um "e se", e se eu não conseguir arcar com tudo? E se não sou capaz de me cuidar, de cuidar de uma casa? São tantos os os "e se".
Well,Well ... Estou caminhando, novamente cada dia é uma conquista, uma vitória. Sei que tem muito por vir, sei que terei meus dias, problemas surgirão, se estou preparada para eles, não estou certa, mas sei que vou enfrentá-los de cabeça erguida.
Se estou feliz??
Sim, eu sou F-E-L-I-Z! Isso é o que importa.


segunda-feira, 28 de maio de 2012



Hoje tudo  o que queria era um abraço bem apertado e saber onde e com quem estou... 
Estou alegre com tudo o que esta acontecendo, as mudanças, as novas responsabilidade, novas amizades, mas  tem hora que dói... não a solidão, sei conviver com ela, é só que estou carente ... 
Em alguns momentos eu queria apenas um ombro para chorar e ser a fraca... apenas uma vez, um dia, um minuto.. só!
Não posso, não devo né ...

Desculpe!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

"É só ter vontade de felicidade...."



1 ano de blog e sempre falando apenas de tristeza, de dor, de sofrimento. Estive pensando sobre isso esses dias, só tive tristeza nesse tempo? Por que não escrevo sobre a felicidade, sobre as coisas boas do meu dia, das pessoas maravilhosas que tenho em minha vida?

Percebi que escrevo apenas para fugir, fugir das de falar realmente a alguém, seja por medo de machucar, ou apenas porque não quero falar. Enfim, hora de mudar, Certo? Certíiiisssimo!!!!
A vida não é feita só de tristeza. Temos nossos momentos. Sempre falo que a felicidade é momentânea, mas se pararmos para analisar todos os sentimentos são. Hoje estou triste por algo, mas em alguns momentos estarei feliz por outra coisa. O que diferencia é que tendemos a alimentar os sentimentos depreciativos...
Por que não esbanjar a nossa felicidade? Medo que acabe muito rápido? Se simplesmente vivêssemos, apreciássemos a felicidade que temos, vê-la e senti-la nas pequenas coisas, seríamos pessoas melhores, muito mais confiantes. 
Teremos sempre o mel e o fel, cabe a cada um apreciar o mel em seu momento e quando o fel vier, sobreviver com a certeza que a felicidade não tarda. Pensamento positivo, atrai coisas positivas, negativismo atrai negativismo.
Se hoje estou feliz?? Sim, lógico. Hoje acordei e conversamos, eu e eu mesmo, somos pessoas distintas, uma totalmente negativa e a outra totalmente positiva, porém hoje acordamos que seriamos felizes, mesmo que por alguns minutos, horas, dias. Simplesmente não importa. Eu QUERO ser feliz, então eu SOU feliz, eu SEREI feliz.
Amanhã estarei feliz? Não sei, mas farei o possível e o impossível para que tudo o que está complicado não venha a “atrapalhar” minha felicidade.  Tudo tem seu momento e o porquê de ter acontecido.
Isso tudo soa uma pessoa estranha, complicada, inconstante?
Pode até ser, sou humana, não vivo em uma linha reta, tenho sentimentos,  temos sentimentos, somos totalmente influenciáveis por fatores externos.

 “E se me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar” 
Clarice Lispector

quinta-feira, 10 de maio de 2012

A decisão é NOSSA!!!



A decisão é nossa de viver ou não bem, de estar ou não bem consigo...
Em alguns momentos esta decisão é tão difícil, a briga interna é tão grande que discernir o que é um sentimento real de um sentimento nascido das neuras que, nós, pessoas fracas, criamos, alimentamos dia a dia é quase impossível.
Esses dias conversando sobre essas brigas internas, e uma pessoa comentou sobre os lobos que temos dentro de cada um de nós. Temos o Lobo bom e o lobo mau, quem vencerá a batalha de titãs?? Simples aquele que você alimentar, que você fortificar, que você dê ouvidos.  Mas como lutar consigo??
O bem sempre vence não é verdade? Então, como mostrar ao Lobo mau que ele não esta certo, que as caraminholas que ele nos joga não é verdade? Como você consegue lutar contra algo que surgiu dentro de si, quando as coisas ditas, as ações tendem a comprovar que o lobo mau esta certo?
Aos poucos estou aprendendo a lutar, não venci até hoje, esse lobo mau danadinho, que não é o lobo da chapeuzinho vermelho, infelizmente é muito persistente, ele te deixa por um dia, uma semana, um mês e do nada ele volta. Ele só precisa de uma brecha, de um mísero deslize seu e pronto, você estará no limbo!
Já que o bem sempre, sempre, sempre vence o mau, o que devemos fazer para destruir o Lobo mau? 
Não alimente-o. Como? Lute!
Eu não tenho a fórmula mágica, você tem? Sim? Me passa? rs

Lenda dos Lobos
"Uma noite, um velho índio falou ao seu neto sobre o combate que acontece dentro das pessoas.
Ele disse:
- A batalha é entre os dois lobos que vivem dentro de todos nós. Um é o Mau. É raiva, inveja, ciúme, tristeza, desgosto, cobiça, arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade, mentiras, orgulho falso, superioridade e ego.
O outro é Bom. É alegria, fraternidade, paz, esperança, serenidade, humildade, benevolência, empatia, generosidade, verdade, compaixão e fé.
O neto pensou nessa luta e perguntou ao avô:
- Qual lobo vence?
O velho índio respondeu:
- Aquele que VOCÊ alimenta "



domingo, 6 de maio de 2012

"Minha força esta na solidão. 
Não tenho medo nem de chuvas tempestivas 
nem de grandes ventanias soltas, 
pois eu também sou o escuro da noite."
                                               ( Clarice Lispector)




Vivemos em uma montanha russa. Dia estamos no topo, dia estamos em queda livre. É assim com os sentimentos... 
Desde o início deste blog falo da tristeza, da dor tão forte que me sufocava, corroía e estava me matando pouco a pouco. Estava apenas sobrevivendo. Se eu era feliz? Hoje eu posso dizer que tive momentos de felicidade, assim como tive muitos momento de solidão, de tristeza, de abandono, mas feliz? Não. 
Tentei deixar de lado todos os sentimentos que surgiram naquele fatídico dia, juro que tentei com todas as minhas forças, percebo que não consegui. O que consegui fazer foi deixar de sentir, me tornei uma pessoa com muitas barreiras, muita tristeza, muita solidão, me tornei algo que nunca gostei nas outras pessoas, me tornei uma pessoa fria, não chorava e não sabia mais como era sorrir de verdade, me tornei uma pessoa que tanto faz para quase tudo. Esta morrendo aos poucos. 
Sempre disse e torno a dizer que não sou vítima de nada, bem como torno a dizer que não sou culpada. Sou julgada constantemente e recebo toda e qualquer sentença que me ditem, mas não abaixo mais minha cabeça, não serei mais tão passiva como fui. Aquela Lili que não tinha emoções já não existe mais. 
Quer me machucar? ok. Pode tentar, mas não vai conseguir. Sei quem sou, sei quem me tornei e sei exatamente por que caminho seguirei. 
É muito fácil dizer que o outro errou, não reconhecer o que fez de bom em sua vida, isso chama-se covardia, não? Creio que sim. Não é porquê não se estar ao lado que vai tentar destruir, aniquilar a confiança conquistada, derrubar a imagem que se tinha. E o passado onde fica? Nada de bom, de positivo foi conquistado? E o crescimento mútuo? Hoje é muito fácil dizer que um fez isso ou aquilo para destruir, que na verdade só tinha olho para seu próprio umbigo, mas sabe o que é legal? O legal é ter a certeza é uma mentira até mesmo para quem diz. 
Hoje consigo pensar sobre todos os acontecimentos e não ficar sufocada com todos os sentimentos, não fico mais angustiada, dolorida, sinto apenas a certeza de dever cumprido. Minha missão neste caso chegou ao fim.  
Sei que tomei a decisão mais acertada para minha vida, chega de pensar em quem não se preocupa comigo. 
É fácil dizer que ama e em seguida machucar. Um sentimento não se constrói da noite para o dia, e um sentimento forte não de destrói do dia para a noite. Dizem que a construção demora muito mais que a destruição, afinal uma palavra, uma ação pode colocar abaixo o que levou meses, ou anos para construir.

Todos sabem o que fez? 

segunda-feira, 12 de março de 2012

Apenas para que você saiba e entenda!

Uma música muito brega e muito antiga dizia:”existem momentos na vida que lembramos até morrer...” não tenho idéia de quem canta ou nome da música, mas este momento será lembrado para o resto de minha vida como mais um momento de decepção/raiva/tristeza/frustração/vergonha e qualquer outra coisa menos de alegria ...
Sei que em muitas coisas estou errada, sei que para muitos estou errada... tomar decisões é a coisa mais difícil da vida, principalmente quando envolve pessoas que amamos, porem algumas devem ser tomadas e neste momento não estou decidindo entre um ser e outro, e sim entre minha liberdade, algo que sempre dei muito valor.
Uma outra música diz o seguinte: “pq vc me deixa tão solta, e se eu me interessar por alguém??Estou me sentindo muito sozinha,não sou nem quero ser sua dona, mas é que um carinho as vezes faz bem” ... Infelizmente algumas pessoas nos deixam livres mesmo querendo estar perto ou talvez não, talvez nos deixe livre para que tomassemos nossa decisão e depois vir nos julgar, dizer que determinada coisa só aconteceu pq vc quis assim...
Pq algumas pessoas tendem a só dar valor quando perde??? Pq só descobrir que ama quando esta no final da linha??Fraqueza?? Medo?? Não interessa, apenas é  assim ... O que esta feito não volta atrás. Erros todos cometem, sofremos com decisões dos outros...
Decisões foram e são tomadas, neste momento estou decidindo entre qualquer coisa e minha liberdade, o que desejo viver em minha vida e o que eu não suporto mais viver... neste momento estou assumindo minha fraqueza  com o mais profundo de meu ser, estou “falando“ algo que não me permito ser em muito tempo... Estou sendo FRACA, estou ficando sem Forças para lutar contra tudo isso...não sou a vítima, mas também não sou a ré, sou uma das partes envolvida que esta com seu psicológico “ferrado”  por viver em uma brincadeira de vai e vem, uma montanha russa da vida que neste momento esta em uma velocidade insuportável....EU preciso assumir que neste momento ...  EU NÃO SUPORTO MAIS!!!!!!!!!! 



sexta-feira, 2 de março de 2012

Pra Rua Me Levar




Pra Rua Me Levar 


Ana Carolina



Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas no caminho onde eu vou
As vezes ando só, trocando passos com a solidão
Momentos que são meus, e que não abro mão
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora

Vou deixar a rua me levar
Ver a cidade se acender
A lua vai banhar esse lugar
Eu vou lembrar você

É mas tenho ainda muita coisa pra arrumar
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora

Vou deixar a rua me levar